Postagens

Autores do mundo defendem a liberdade de expressão e as florestas

Imagem
Autores, jornalistas, poetas e dramaturgos sabem que, sempre que as palavras certas são colocadas no papel, ou digitadas em uma tela, nosso planeta fica um pouco melhor. Porque, sem o direito de nos expressar livremente, não podemos fazer essa mudança positiva. Mais de 100 autores comprometeram-se a defender a liberdade de expressão e aqueles que protegem pacificamente as florestas do mundo. Esta promessa segue duas ações de vários milhões de dólares arquivadas pela Resolute Forest Products, uma empresa canadense, para silenciar a exposição do Greenpeace e Stand.earth de sua polêmica exploração madeireira na floresta boreal. Veja o que alguns autores têm a dizer: Margaret AtwoodAutor canadense de The Handmaid's Tale, recentemente dramatizado no programa de televisão de sempre do ano. Na história, todas as mulheres, exceto as mais poderosas, estão proibidas de escrever e negar-se o acesso aos livros. "Os fins de The Handmaid's Tale, 1984 e Brave New World estão escritos. A nos…

Nós falamos para as árvores

Imagem
Em mais de 25 países ao redor do mundo, as pessoas levaram a floresta e suas árvores mais emblemáticas para enviar uma mensagem de unidade e solidariedade diante da tentativa legal da Resolute de silenciar seus críticos e sufocar a liberdade de expressão. Dos trópicos da Indonésia, as pessoas se reuniram em defesa das florestas do Canadá em frente a uma gigantesca árvore de Kenari Babi para enviar sua mensagem para o Resolute. Com base no símbolo de sua bandeira nacional, um grupo no Líbano enviou sua mensagem de uma antiga árvore de cedros de 3.000 anos na Reserva da Biosfera Shouf. Da Alemanha, onde as formas icônicas de faia formam parte de seu patrimônio cultural, centenas de pessoas se reuniram para dizer ao Resolute que não serão silenciados. Mesmo quando a Resolute tenta táticas secretas para silenciar nossas vozes, as florestas e as árvores do mundo nos unem. Agora, a necessidade de proteger nossas florestas é mais importante do que nunca, pois são fontes de biodiversidade e armaz…

VI Semana do Meio Ambiente ocorrerá em junho em Chapadinha

Imagem
Com o tema "Água, Energia, Meio Ambiente, Cidadania e Educação", VI Semana do Meio Ambiente ocorrerá em junho em Chapadinha.

A realização da VI Semana do Meio Ambiente já tem data marcada para os dias 3, 4 e 5 de junho, nos municípios de Chapadinha, Mata Roma e São Benedito do Rio Preto, com o tema "Água, Energia, Meio Ambiente, Cidadania e Educação". O evento tem o objetivo produzir informativos que levem a comunidade refletir e evidenciar questões da sociedade sobre a temática. As inscrições são gratuitas.

O evento contará ainda com a presenças de alunos dos 8º período do curso de Ciências Biológicas e alunos do 5º período do curso de Serviço Social do Instituto Superior de Coelho Neto. Farão parte ainda da semana o coordenador do curso de Biologia da UFMA, o professor Claudio Gonçalves, e os professores do Campus de Chapadinha, Rosane Claudia, Daiane Fossattidall e a representente da Secretaria Municipal de Educação de Chapadinha, a professora Aline Georgiane d…

Nova presidente do Ibama toma posse

Imagem
A nova presidente do Ibama, Marilene Ramos, tomou posse na tarde de hoje (14) na sede do instituto em Brasília/DF. Participaram da solenidade a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o secretário-executivo do MMA, Francisco Gaetani, e o ex-presidente do Ibama, Volney Zanardi Júnior. O local estava cheio e contou com a presença de amigos e familiares que vieram do Rio de Janeiro prestigiar o evento, dos servidores do Ibama e de autoridades como o ex-ministro do Meio Ambiente e deputado estadual, Carlos Minc.
Marilene Ramos baseou sua vida profissional pela defesa da qualidade das águas e dos rios, em defesa da gestão dos recursos hídricos e do saneamento básico. Durante seu discurso de posse, a nova presidente destacou que assume o cargo com o desafio de colocar o Ibama no centro da estratégia sustentável. Ela defendeu que “o trabalho deve ser feito para que ocorra o equilíbrio entre o desenvolvimento e a conservação e, para isso, as políticas públicas e ambientais devem caminh…

Praias de São Luís continuam impróprias para banho

Imagem
Um estudo feito pela Secretaria de Meio Ambiente entre os meses de abril e maio deste ano mostra que todas as praias de São Luís estão impróprias para banho, inclusive a praia do Araçagi, que já pertence ao município de São José de Ribamar, a 32 km da capital maranhense.
Ainda segundo o estudo, onde foram coletadas amostras de água de 21 pontos do litoral de São Luís, o tempo chuvoso pode ter colaborado também para isso. Tudo isso porque as chuvas tem influência sobre a balneabilidade das praias, pois quando chove grande parte da água escoa para o mar e acaba carregando com ela o esgoto e muito lixo.
Para que os banhistas não corram o risco de se contaminar e desenvolver alguma doença a partir da água, os especialistas orientam as pessoas a evitarem o banho de mar depois de chover intensamente. Conforme eles, quando a praia é apontada como imprópria para banho, isso quer dizer que a quantidade de bactérias, daquelas consideradas danosas à saúde, está na água em um percentual acima do…

Publicada Instrução Normativa sobre uso de mercúrio

Imagem
O Brasil dá o primeiro passo para a restrição do uso do mercúrio metálico, que culminará com a ratificação da Convenção de Minamata e sua futura implementação em território nacional. O Diário Oficial da União de hoje (11) publicou a Instrução Normativa Ibama nº 8, de 08/05/2015,  que estabelece o Cadastro Técnico Federal de Atividades Potencialmente Poluidoras e Utilizadoras de Recursos Ambientais (CTF/APP) e os formulários do Relatório de Mercúrio Metálico como instrumentos de controle para a produção, a comercialização e o procedimento de solicitação de importação de mercúrio metálico por pessoas físicas ou jurídicas.
O papel da IN 8/2015 é relevante na preparação do arcabouço normativo para o recepcionamento da Convenção de Minamata, assinada pelo Brasil em outubro de 2013, em processo de ratificação no Congresso Nacional. A convenção traz sérias restrições ao uso do mercúrio metálico e, em alguns casos, estipula prazos para que este seja banido dos processos produtivos que atualm…

Descarte de lixo por navios no Porto do Itaqui deverá ser fiscalizado

Imagem
A Justiça Federal condenou, liminarmente, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) pela omissão na fiscalização do tratamento e destinação dos resíduos provenientes do Porto do Itaqui, em São Luís. De acordo com a decisão, resíduos estão sendo descartados de forma irregular no Aterro da Ribeira, ocasionando danos ao meio ambiente e à saúde da população.
A condenação é resultado da ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA), com pedido de liminar, para que o Ibama apresente um cronograma das atividades e sua execução, referente a fiscalização e controle ambiental do tratamento, transporte e descarte dos resíduos do Porto do Itaqui, inclusive resíduo de bordo. Além isso, o Ibama deverá desenvolver um relatório sobre irregularidades das atividades do porto, indicando medidas necessárias para que não haja danos ao meio ambiente.
A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) afirma que as empresas cred…